O que esperar do seu contador?

Ele é considerado por muitos empresários como peça fundamental para o sucesso do negócio. Por outros ele é visto como um mal necessário. Afinal para que serve o contabilista da sua empresa?

Antes de tudo, cabe lembrar que todas as empresas, são obrigadas a manter um profissional devidamente aprovado pelo Conselho Regional de Contabilidade como sendo o responsável contábil pela sua empresa. No entanto, a escolha desse profissional poderá refletir diretamente no sucesso do seu negócio, independentemente de você dar-se conta disso.

Ao abrir uma empresa os sócios assumem um compromisso de apresentar diversas obrigações federais, estaduais, municipais, trabalhistas e previdenciárias, podendo ter de responder com o pagamento de multas altíssimas pelo seu não cumprimento. Não raro tenho visto empresários que simplesmente desconhecem a importância dessas obrigações e as penalidades pelo não cumprimento destas.
Dentre as atribuições diretas de um contabilista, podemos citar que a elaboração e entrega dessas obrigações estão entre as mais importantes, podendo inclusive ser responsabilizado pelas informações contidas dentro delas.

O contabilista cuidará também da escrituração dos livros fiscais e comerciais. Essa escrituração envolve o lançamento de notas fiscais emitidas e recebidas para posterior geração dos impostos devidos e esses livros ficam disponibilizados ou são apresentados periodicamente aos órgãos de fiscalização.

O contabilista cuida também dos registros e controle dos funcionários da sua empresa. Esse trabalho envolve a necessidade de um amplo conhecimento das práticas trabalhistas. Muitos detalhes, mesmo os aparentemente insignificantes, podem gerar problemas sérios para a empresa, sujeitando-a a processos e fiscalizações trabalhistas.

Por fim, o contabilista pode desempenhar um papel de consultor gerencial, podendo através dos seus relatórios auxiliarem na tomada de decisões gerenciais e financeiras da empresa. No entanto, a experiência tem mostrado que a grande maioria dos empresários, especialmente os de porte menor, desconsidera a importância do trabalho do contabilista.

É claro que como todo prestador de serviço, o serviço de contabilidade prestado vai variar de um profissional para outro profissional. Por isso, encontramos diversas formas de assessoria que vão do básico ao avançado bem como diferentes valores cobrados, gerando uma variação enorme entre um e outro. Tudo isso deixa os empresários confusos sobre qual serviço optar e qual preço é o justo a ser pago. Bem, primeiramente o preço nunca deve ser o fator chave de decisão na escolha de um contabilista ou empresa de serviços contábeis. O que se deve avaliar é o custo beneficio, avaliando o serviço oferecido e o provável retorno por tal serviço. Fazendo isso você poderá tirar pleno proveito do seu contabilista.

A qualificação do profissional e de seus colaboradores deve ser levada em conta. Conheça também a experiência do profissional no seu ramo de atividade, visto que algumas atividades possuem particularidades específicas.

Nunca se esqueça de fazer um contrato de prestação de serviços contábeis, pois ele é a garantia dos serviços pactuados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.