O que eu estou fazendo aqui?

Quantas vezes estivemos em locais ou situações onde simplesmente nos perguntamos: O que eu estou fazendo aqui?

Quantas aulas e palestras que assistimos sem qualquer interesse no que estava sendo dito?

Quantas conversas com colegas ou amigos, que simplesmemte ouvimos sem tampouco prestar atenção?

Quantos favores que fizemos sem dispor de tempo somente para atender as necessidades de uma pessoa próxima?

Quantas viagens fizemos sem qualquer vontade e nos condicionamos a ficar lá até que não aguentássemos mais?

Quantas vezes deixamos a mente vagear e ficamos olhando para a pessoa como se não estivessemos vendo ninguém na nossa frente?

Mas porque tendemos a não questionar claramente o que estamos fazendo aqui?

Será que de certo modo fomos condicionados a concordar com o que não concordados e aceitar o que não queremos?

Será que estamos mais disposto a agradar ou temos medo de desagradar os outros?

Ou será que por não sabermos responder o que estamos fazendo permanecemos em dúvida se devemos ou não continar fazendo?

Na verdade não sei as respostas a essas perguntas… aliás pensando bem… o que mesmo que eu estou fazendo aqui ?




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.