“Tangibilizando” o serviço

Por Alessandra Macedo

Para ter sucesso no mercado, o empresário contábil deve ser altamente qualificado, possuir muitas habilidades e estar em constante atualização.

Dentro dessas habilidades e atualizações se encontra o conhecimento sobre marketing. Temos que considerar que  o marketing contábil é diferente do marketing tradicional direcionado a produtos. No artigo “Esse tal de Marketing” publicado no site www.contasemrevista.com.br encontramos o seguinte conceito sobre o assunto:

“Marketing é um processo gerencial pelo qual a organização, determinada as necessidades e desejos de seu mercado, tenta satisfazê-los de maneira mais eficiente que a concorrência, como forma de atingir suas metas. Ele engloba pesquisa de mercado, desenvolvimento e administração de produto/serviços, vendas/distribuição e pós venda.”

Este conceito pode ser aplicado tanto a produtos como a serviços, porém os serviços, inclusive os contábeis, são, em sua maioria, intangíveis; O cliente não pode ver, nem sentir e nem provar antes de adquirir. Em sua maioria, eles são leigos em relação ao serviço prestado, ou não conseguem mensurar a qualidade e resultados deste serviço.

Uma dica de Anderson Hernandes no livro “Marketing Contábil” para diminuir esse problema é “tangibilizar” o serviço, ou seja, transformá-lo em produto. Dar nome aos serviços torna-os diferenciados e confere a eles uma identidade própria. O exemplo do livro é chamar um módulo de assessoria contábil de “ServiceCont” e  criar uma identificação própria para esse serviço, esta é uma maneira de diferenciar o produto, então enquanto  todos oferecem uma assessoria contábil a sua empresa vende o “ServiceCont”.

Use esse exemplo como direção e pense em como tornar visíveis e tangíveis os serviços prestados pela sua empresa.

Bom trabalho e sucesso.


Alessandra Macedo é coordenadora de marketing digital das publicações Contas em Revista e Nosso Informativo

www.contasemrevista.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.