Cuidado o seu Facebook pode “desvender” a sua imagem profissional

marca pessoal no facebook

Atualmente o Facebook é um dos principais meios utilizado por profissionais tais como consultores, palestrantes e escritores para divulgar seus trabalhos e alavancar a imagem profissional no mercado. Usar uma página pessoal e não uma Fanpage para divulgar o trabalho profissional é válido por razões, tais como a possibilidade de adicionar “amigos” até o limite de 5.000 conexões, com menor investimento de dinheiro quando comparado com a conquista desse número em uma Fanpage.

Porém, o que tenho visto são erros que comprometem a imagem de muitos profissionais perante o mercado. Citações de ordem totalmente pessoais, tais como desabafos e “indiretas”, registros de momentos do dia a dia completamente desconexos com o contexto profissional, declarações românticas e fotos fazem parte do acervo de publicações desses profissionais.

Uma postagem de um profissional que usa o Facebook para vender a sua imagem no mercado deve antes passar por uma questão básica e fundamental: Essa publicação vai acrescentar algo positivo a sua marca profissional? Sinceramente, quando vejo profissionais fazendo declarações de amor ou compartilhando de fotos na casa sogra, da festa de casamento do seu vizinho ou do final de semana na beira da praia eu me pergunto em que isso poderá contribuir para a sua imagem profissional.

Um gestor que busca referências de um profissional para assim contrata-lo como consultor ou palestrante provavelmente se desapontará diante de uma publicação de ordem pessoal tais como as que citei, mesmo que esta tenha sido amplamente comentada e curtida por seus “amigos” virtuais.

Mas, isso significa que um profissional não possa fazer publicações pessoais no Facebook? Não se trata disso, pois ele pode sim ter uma página pessoal restrita a seus amigos e conhecidos efetivos ou limitar as publicações pessoais a um grupo selecionado, algo que eu pessoalmente faço na minha página do Facebook. Por isso, cuidado com suas publicações abertas ao público pois você pode imaginar que está se vendendo quando na verdade está apenas se “devendendo” no mercado.

Para referência do poder do Facebook vou compartilhar alguns resultados profissionais que tenho:

  • 72% do tráfego das minhas páginas de vendas no meu site é gerado pelo Facebook;
  • Em 2012 e 2013 eu negociei e fechei 44 palestras pelo Facebook;
  • O Facebook responde por 96% de todo tráfego gerado por redes sociais no meu site;
  • 75% das pessoas que se cadastraram nas minhas listas vieram pelo Facebook;

E você, o que o Facebook tem gerado de resultados para sua a sua Marca Pessoal? Pense nisso e sucesso!

Anderson Hernandes

Cadastre-se e receba informações