5 Dicas de Gestão Financeira para Escritório de Contabilidade

* por Jefferson Hernandes

Toda empresa contábil ou não, em algum momento de sua existência passa por um momento de instabilidade. Comummente esse momento gera dificuldades financeiras e é de praxe usar a seguinte frase:

“Estamos com problemas financeiros”

Mas a grande maioria dos empreendedores se esquecem que uma dificuldade financeira não é um problema. É uma consequência. Uma consequência de diversos fatores que culminaram na falta de dinheiro em caixa.

Antes de faltar caixa na empresa, diversas causas aconteceram para que existisse essa dificuldade. O dinheiro escasso é o último estágio de uma crise. Muitos culpam o momento instável da economia como a principal causa das dificuldades financeiras.

No mercado contábil é muito comum dizer que as causas são a concorrência desleal, a inadimplência ou a mão de obra escassa e cara que é  sufocado pela alta carga de responsabilidade e quantidade de obrigações encima do escritório. Todos esses fatores são sim grandes influenciadores numa empresa contábil, mas, o seu maior problema pode ser você.

Assista o vídeo:

5 dicas para gestão do seu escritório de contabilidade

Abaixo listo 5 pontos que influencia os resultados financeiros da sua empresa contábil e que depende exclusivamente de você.

1) Carteira de clientes suja

Isto significa que dentro da sua carteira existem clientes que além de não dar lucro, lhe dá prejuízo. Enxergar quais são eles carece de uma análise criteriosa de cada cliente e que você pode obter ajuda aqui [AQUI]

2) Relação folha de pagamento vs concentração de faturamento

Esse é um item que tem feito muitos empreendedores a se sujeitarem a clientes poucos rentáveis por esses concentrarem uma fatia grande do seu faturamento. Muitas vezes essa fatia corresponde a uma boa parte, senão a totalidade do seu custo com a folha de pagamento.

3) Mão de obra mal preparada ou fora do perfil do seu escritório

A folha de pagamento é o maior vilão do seu escritório por corresponder em até a 60% dos custos. Quando se tem uma mão de obra que não rende o suficiente, você está desperdiçando recursos e atrapalhando seu resultado financeiro.

4) Despesas não operacionais elevadas

Como já falei acima, a folha de pagamento é o grande vilão dos seus custos. Mas de nada adianta ter o seu operacional enxuto se o seu não operacional estiver onerando suas despesas. Por isso é preciso avaliar a real necessidade de manter custos e despesas que fogem do processo produtivo do seus serviços.

5) Falta de investimento inteligente em Marketing

Melhor é, porém mais difícil, aumentar suas receitas e diminuir gradativamente seus custos. Porém essa não é uma tarefa fácil quando falamos de mercado contábil. Mas se seu objetivo é melhorar a performance do seu negócio, investir de forma inteligente em marketing vai ajudar a aumentar suas receitas para conseguir minimizar os impactos dos quatro primeiros pontos.

QUERO APRENDER A GESTÃO FINANCEIRA

Avalie o quanto seu negócio contábil depende do seu esforço e busque ajuda se o problema for falta de experiência na gestão.

Com essas dicas e os conteúdos práticos contidos no meu curso Gestão Financeira para Empresas Contábeis você poderá aumentar os resultados do seu negócio contábil.

Conte comigo,

* Jefferson Hernandes atua como financista da Tactus e é especializado em gestão financeira de empresa contábil com mais de 15 anos de experiência 

Cadastre-se e receba informações

1 Comentário

  1. Excelente Artigo, Estou adorando visitar este blog, sempre tem artigos de qualidades.

    Parabéns !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.