Porque o CRC não regulamenta uma tabela de honorários contábeis

Por que o Conselho Regional de Contabilidade ou Conselho Federal de Contabilidade não regulamenta uma tabela mínima de honorários contábeis?

No vídeo eu explico isso:

Autuação do CADE

Recentemente o Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – Cade condenou, na sessão de julgamento do dia 10 de Junho de 2015 o Conselho Federal de Contabilidade – CFC por influencia à adoção de conduta uniforme. Foi considerado uma conduta anticompetitiva com uma multa de R$ 350 mil.

Segundo o Cade, o CFC agiu de forma anticompetitiva ao emitir uma resolução estabelecendo parâmetros gerais para fixação da remuneração ao serviço de auditoria independente, considerando como infração ao Código de Ética do Contabilista cobrar honorários fora dos parâmetros fixados na referida resolução.

E as tabelas referenciais

Sindicatos e outras entidades tem publicado suas tabelas de honorários contábeis. Mas, na prática isso é aplicável? Na minha visão muito pouco aplicável.

Veja alguns exemplos:

– Alteração contratual por 1.900,00

– Empresa no Simples Nacional (faturamento mensal de 10 mil reais) por 1.270,00

É melhor parar por aqui…

A realidade contábil é bem diferente desses números.

Mas e a rentabilidade?

Preço não é sinônimo de rentabilidade. Mesmo com preços muito menores dos sugeridos pelas tabelas referenciais é possivel sim ter muita rentabilidade no mercado. A minha empresa contábil é rentável, milhares de outras são rentáveis, por isso não podemos vincular preço com rentabilidade.

Como definir o preço contábil

Você pode definir corretamento o preço dos serviços contábeis e aumentar seus resultados. No Curso de Gestão Financeira para Escritórios de Contabilidade você encontrará dicas importantes para ter um equilíbrio financeiro e conquistar a rentabilidade no seu negócio de contabilidade

QUERO APRENDER AGORA

Cadastre-se e receba informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.