O início do negócio contábil

3 Orientações Práticas para Abrir um Escritório de Contabilidade

Todo empreendedor tem dúvidas no início da sua empresa, isso é muito comum!

E neste conteúdo vamos esclarecer algumas das dúvidas principais que surgem no início de uma empresa.

Planejamento 

A primeira dúvida é: quantas empresas um profissional consegue atender sozinho?

Quem começa uma empresa contábil na maioria das vezes começa sozinho e muitas vezes não tem a disponibilidade de começar com uma equipe.

Não há como validar exatamente quantas empresas você consegue atender sozinho, se você fizer todo o processo.

O que posso dizer com certeza é que você consegue ajustar os seus processos para ser mais produtivo.

Mas, quem trabalha sozinho tem uma produtividade completamente diferente de quem monta uma equipe.

A produtividade é menor para quem inicia sozinho
Iniciar um negócio contábil sozinho exige ajustes e dedicação

Quando você monta uma equipe, imaginando uma equipe mínima, uma pessoa para atender a parte contábil, outra para atender a parte fiscal e outra para atender ao departamento pessoal, você consegue montar um processo onde tira o melhor de cada pessoa.

A depender da sua equipe você consegue atender a muitas dezenas de empresas, do Simples Nacional, atuando assim.

Quando você está sozinho você tem que atender a tudo, faz o processo fiscal da empresa, a parte contábil e também a parte de departamento pessoal, além disso, você tem uma série de tarefas “não operacionais”.

Dentre essas tarefas está a venda do seu serviço contábil, o suporte para o seu cliente, a gestão financeira do seu escritório, processo de cobrança, envio e recebimento de documentos, muitas vezes fará visita aos clientes e também vai receber o seu cliente na sua sede para tratar de negócios e assim por diante.

Ou seja, você como dono do seu negócio tem uma série de tarefas e fazendo tudo sozinho acaba perdendo a sua produtividade.

Qual a recomendação neste caso?

Ao começar sozinho você precisa criar um fluxo para validar a quantidade de empresas que você consegue entregar o processo completo.

E conforme você conseguir alavancar o seu negócio contábil contrate alguém para ajudá-lo neste processo.

E ao contratar você deve priorizar um profissional que te atenda nas áreas que têm maior dificuldade, tirando da sua responsabilidade a parte que te toma mais tempo ou a qual o seu serviço é mais moroso.

E a medida que sua empresa cresce precisa formar o seu time, visando ter ao menos uma pessoa em cada área operacional.

Um número bom para conquistar nessa fase inicial é o de 10 pessoas na sua operação, isso porque com 10 pessoas é possível deixar ao menos duas pessoas em cada área, terá pessoas suficientes para te trazer mais liberdade.

Haverá maiores oportunidades com uma equipe bem treinada
Uma equipe com pessoas eficientes permitirá alavancar seu negócio

Mas para ter uma equipe deste tamanho você precisa alavancar a sua aquisição de clientes.

Pode ser que leve um tempo para chegar a essa marca de 10 colaboradores, até 02 anos, e não há problemas, desde que continue o processo contínuo de crescimento da sua empresa contínuo.

Não pare no tempo. Se fizer isso vai retroceder todo o seu sucesso.

Modelo de negócio

A segunda dúvida comum que recebemos é: que tipo de modelo de negócio é o ideal para a minha empresa?

O empreendedor precisa decidir a partir de diferentes modelos que temos mas basicamente você terá dois tipos.

Terá um negócio tradicional, que atende o seu cliente de forma tradicional, porém, com ferramentas digitais, pois não é mais possível atender a um cliente sem ferramentas digitais, uma vez que começaria o seu negócio contábil perdendo espaço para outras empresas.

Olhando para o negócio contábil da Tactus, nós não atendemos nossos clientes presencialmente.

Desde a negociação até toda a entrega do nosso serviço é feita de forma online.

Porém, em muitos negócios não é possível trabalhar assim.

A dificuldade envolve características culturais e outros aspectos, porém o formato tradicional com digital é o mais acertado para que você possa iniciar o seu negócio.

Isso porque é uma oportunidade de começar o seu trabalho usando ferramentas que te trarão maior produtividade e melhores resultados.

Considere de forma estratégica o seu modelo de negócio.

Processo de networking

O terceiro aspecto que quero falar é que: você precisa aprender com quem já chegou onde você quer chegar.

Como fazer isso?

Procure estar próximo das empresas e dos empreendedores que já passaram pelo o que você passou.

Acompanhando essas pessoas você tem desde um processo de incentivo motivacional, pois essa fase inicial é muito difícil e exige muito empreendedor até mesmo ajuda com os aspectos práticos relacionados ao seu negócio.

Busque informações através de cursos
Invista em conhecimento e informação

Quem já percorreu o caminho pode te dar atalhos que farão grande diferença nos resultados que pode conquistar.

Sair da sua empresa contábil e fazer o processo de networking é indispensável, paralelo a isso fazer cursos que fazem grande diferença para que tenha dicas práticas para o seu negócio.

Na nossa escola de negócios temos a disposição dos nossos alunos vários cursos que podem auxiliá-los, programas voltados a novos empreendedores até cursos voltados para aquisição de clientes e a gestão estratégica do seu negócio.

Invista o seu tempo em cursos pois, além do conteúdo que você vai receber fará também networking nesse sentido.

Há também cursos oferecidos por outras entidades no Brasil como órgãos de classe e empresas de tecnologia e tudo isso ajuda para se ajuste e tenha melhores resultados.

A fase inicial de qualquer negócio é desafiadora, mas se você lutar, for estratégico sempre, continuar investindo no seu conhecimento você terá resultados dentro do mercado contábil.

Deixe um comentário

  Inscreva-se  
Notificação de
1
Olá! Em que podemos ajudar?
Clique novamente no botão abaixo e fale conosco!
Powered by