Automatizar processos vai acabar com a contabilidade?

A Simplificação do Governo é uma ameaça para a Contabilidade? O Contador pode ser Influenciado?

O governo informou que vai automatizar a apuração dos impostos das empresas. Será que isso é uma ameaça para o seu negócio?

Ele promete automatizar a apuração dos impostos, sobretudo do Simples Nacional, além de outros processos de simplificação com os outros regimes.

Na prática, a intenção é desburocratizar os processos da pequena empresa e trazer mais agilidade, melhorando o cálculo dos impostos.

Especificamente na questão de automação dos impostos o que acontece é que o governo já tem as informações em sua base de dados e com isso é fácil que seja gerado o imposto pronto para pagamento.

Concorrência para contabilidade?

E como isso envolve nossa empresa?

Vamos falar sobre isso, vou responder a algumas perguntas sobre o tema que podem ilustrar melhor a situação.

Uma pergunta que surgiu é: o governo se torna nosso concorrente dessa forma?

Ele se torna nosso “concorrente” em parte do processo, a liberação dos impostos para nossos clientes é apenas uma parte do serviço que o contador faz.

Na Tactus uma parcela significativa dos nossos clientes já tem esse processo feito de forma automatizada.

A sua empresa está preocupada com o processo de simplificação
A simplificação dos processos pode envolver a sua empresa

Temos cerca de 500 clientes com automatização de apuração de imposto.

E da mesma forma que faço isso internamente o governo pode fazer também, mas a questão é: o que você está entregando para o seu cliente?

É preciso avaliar a sua entrega, pois na minha opinião, numa empresa contábil como a nossa, isso é apenas uma pequena parcela do processo.

Existe muita coisa envolvida no atendimento ao nosso cliente.

Então você precisa avaliar se realmente isso está ameaçando o seu negócio.

Se o seu negócio estiver voltado somente a essa questão da apuração, se você não acrescentou mais serviços para o seu cliente essa automatização pode representar uma ameaça significativa.

Automatização de Processos 

O governo pode automatizar todo o processo de uma empresa?

Na minha opnião ele não pode automatizar todo o processo, pois existe muita coisa envolvida.

Primeiro porque o nosso cliente tem uma necessidade fiscal significativa, pois ele ainda precisa de ajuda para emissão de nota fiscal e procedimentos específico que ele tem que seguir, ainda existe muita legislação que envolve nossa ajuda para o nosso cliente.

Paralelamente existem uma série de procedimentos e um deles que talvez possa ser alterado é a questão da tributação sobre o lucro.

Existe muita coisa envolvida na contabilidade e nos impostos de uma empresa e isso ainda vai exigir muito do profissional contábil.

O que pode de fato acontece é haver uma simplificação nas tabelas do Simples Nacional.

Se há uma simplificação proeminente nos valores a serem pagos de outros tributos como PIS, COFINS, IRPJ e assim por diante, olhando para o Simples Nacional é muito provável que isso aconteça, e deve acontecer, pois de certa forma o Simples Nacional não é nada simples. 

Mas, o apoio que o nosso cliente precisa para entender o que está acontecendo na empresa dele e para validar o que está sendo pago vai continuar existindo, e é nesse ponto que temos que entender que provavelmente teremos mudanças dentro da nossa empresa contábil, mas isso não significa o fim do profissional contábil.

Informe o seu cliente das mudanças que serão necessárias com as automatizações
O cliente precisa ser informado que haverá mudanças com a simplificação do governo

É muito comum o uso do termo “despachante”, que em minha opinião deprecia o serviço do contador.

E não estou falando que despachante seja uma atividade depreciativa, mas, quando você utiliza o termo para denominar o contador deprecia e fica pejorativo.

Mesmo quem ainda não faz a contabilidade de fato das empresas, somente faz a emissão de guias, pró-labore ou validação, está entregando um serviço para o seu cliente mesmo que seja apenas de uma ordem específica.

O contador entrega o serviço e ele tem uma empresa para isso, ele não é um despachante, que é uma outra atividade.

Lembrando que o correto é que o contador faça toda a contabilidade do cliente.

Na Tactus para 100% da nossa carteira é feita a contabilidade.

Na atividade contábil temos uma série de nuances de entrega de serviços que eu não vejo de forma depreciativa e defender unicamente que uma contabilidade consultiva dá certo eu também não acho correto, pois alguns clientes não precisam de uma contabilidade consultiva, pois ele tem uma operação fácil.

Contabilidade consultiva

Em que a contabilidade consultiva é importante?

Para a maioria dos clientes da Tactus uma contabilidade consultiva traz muita ajuda.

E apesar de atendermos digitalmente a grande maioria dos nossos clientes tem uma atividade que é muito complexa, sob o ponto de vista do dia a dia.

Nossos clientes têm um volume grande de notas fiscais, trabalha com produtos e serviços diferentes, ele tem custos fixos existentes, custos variáveis de diferentes aspectos então para nossos clientes a consultoria contábil é muito válida.

O atendimento consultivo é um diferencial para o seu negócio
Prepare-se para um atendimento consultivo

E nós prestamos um tipo de orientação dentro do nosso processo, pois validamos um modelo de negócio consultivo com os nossos clientes, mas para que seja consultivo é exigido mais do profissional, ele deve estar preparado para isso.

E nem todo profissional contábil está preparado para essa realidade de ser consultivo.

E qual a visão que eu tenho sobre uma empresa contábil “ideal”?

Uma empresa contábil hoje precisa ter um hall de serviços que inclui:

  • Uma contabilidade para o cliente;
  • Serviços contábeis mais consultivos; 
  • Serviços fiscais;
  • Serviços tributários;
  • Serviços de departamento pessoal.

Todos os serviços propostos dentro da contabilidade devem ser mais consultivos e simplificados para atender ao seu cliente.

Principais ameaças

E quais os aspectos que estão mais ameaçados diante desse processo de transformação que o governo tem proposto?

Quem trabalha com atividades sobretudo de menor complexidade com certeza terá o seu serviço mais ameaçado.

Estamos falando de quem tem na carteira um número significativo de MEIs, esse tipo de cliente têm o processamento automatizado e com isso a ameaça é maior.

Se você trabalhar somente com empresas do Simples Nacional, Pessoa Jurídica, você também está um pouco mais suscetível a ameaça, pois o grau de complexidade para atender a essas empresas é relativamente pequena e você pode ser “prejudicado” com automações feitas pelo próprio governo.

E daí seguem para outras categorias como empresas do Simples mais elaboradas, empresas comerciais do Simples Nacional, empresas do Lucro Presumido de serviços, Lucro Presumido comercial, Lucro real e etc. 

Quem está fornecendo um serviço muito básico aos clientes pode ser mais ameaçado do que aqueles que fornecem um serviço mais elaborado.

O seu negócio pode estar ameaçado por não se transformar
Oferecer o básico é um grande risco enxergue oportunidades

Não há necessidade de um alarde acreditando que o governo vai acabar imediatamente com a contabilidade, mas você também não pode deixar essa questão de lado.

É preciso entender os movimentos de mercado, quais as variáveis incontroláveis que podem ocorrer.

E nas variáveis incontroláveis estão presentes as medidas governamentais que podem influenciar diretamente todo esse processo e não temos controle sobre elas.

Transforme sua contabilidade

Nós temos controle somente no que estamos fazendo na nossa empresa contábil, o empreendedor precisa olhar o que está acontecendo no mercado e no governo, deve estar atento o tempo todo a forma como isso pode de, alguma maneira, ameaçar ou não sua empresa, e até mesmo gerar oportunidades para sua empresa contábil.

Não menospreze o que está acontecendo no mercado, mas também não é preciso criar um pânico em relação a isso achando que a profissão vai acabar e que seu negócio vai acabar junto.

Nós empreendedores contábeis navegamos no mesmo rio, a diferença é que cada um dos barcos tem uma visão sobre a maré, e é importante se alinhar para gerir o seu negócio da melhor maneira possível.

Outro aspecto importante é o posicionamento de mercado, pois ele pode dizer tudo.

Caso esteja atuando em um posicionamento para atender as empresas que tenham um volume significativo, mas baixo grau de complexidade essa pode ser uma postura perigosa, neste caso melhor seria começar a pensar num reposicionamento para outros mercados ou criar maneiras de distribuir melhor a carteira de clientes, ampliando o seu atendimento.

Posicione-se no mercado e reflita nas suas possibilidades
Estude o que o mercado está oferecendo

A importância da qualificação contábil

E a sua visão para outros tipos de oferta de serviços também é muito importante. O que mais os seus clientes poderiam contratar da sua empresa contábil?

Por exemplo: faz sentido para o seu cliente um serviço de BPO financeiro? Se fizer, você pode começar por aí.

Não sabe por onde começar? Não se preocupe, temos cursos específicos que te darão orientações práticas sobre isso no mercado disponível.

Mas você precisa entender de gestão do negócio como um todo para tomar decisões mais assertivas. Ficar parado ignorando o que está acontecendo à sua volta não vai resolver o seu problema.

Procure levar o seu serviço para uma atividade mais consultiva, a contabilidade consultiva é importante nesse processo.

Nem todo mundo contrata um serviço de contabilidade consultiva porque pode realmente não haver necessidade, como dito acima, mas muitas empresas têm necessidade de um serviço mais consultivo e não se dão conta.

Você precisa se preparar para atender de forma mais consultiva.

E você não vai precisar modificar a sua empresa, é possível atender à distância.

Esse atendimento pode ser feito de forma digital sem que esteja presente no seu cliente ainda que muitos digam que isso é preciso ser feito presencialmente.

Na Tactus atendemos a todos os nosso clientes à distância, quando trabalhávamos com Lucro Real até mesmo esses clientes eram atendidos à distância, mas para isso é preciso definir um modelo claro.

Descubra qual é o melhor método de trabalho para sua empresa
Defina qual é o melhor modelo de trabalho para sua empresa

Tem muita coisa acontecendo e não existe um modelo de trabalho que possa ser definido como o ideal, o que deve ser feito é uma adequação entre os modelo existentes como o  consultivo, online e etc, você precisa encontrar o seu caminho.

E para ter sucesso, mesmo diante das adversidades do mercado e governo é preciso:

  • Criar um processo de percepção;
  • Olhar o que está acontecendo à sua volta;
  • Ter uma visão estratégica;
  • Olhar para sua operação e para o seu negócio e entender a forma que foi concebido;
  • Identificar se há necessidade de mudar e de se transformar;
  • Avaliar se está perdendo oportunidades no mercado;
  • Descobrir o que faz sentido para o seu cliente e ofertar mais;
  • Ter uma visão de tudo e tomar decisões acertadas.

E a respeito disso eu digo que não existe outro caminho a não ser a qualificação com quem realmente pode te ajudar e está aplicando e tendo resultados.

Corra atrás do seu conhecimento !

Deixe um comentário

  Inscreva-se  
Notificação de
1
Olá! Em que podemos ajudar?
Clique novamente no botão abaixo e fale conosco!
Powered by