ADAPTAÇÃO DAS PESSOAS NA TECNOLOGIA CONTÁBIL

Hoje é comum a todos os mercados pessoas com medo de tecnologia, e no mercado contábil a realidade não é diferente.

A quantidade de pessoas que procuram a nossa empresa e ainda tem medo de tecnologia é bem significativo.

Por isso vamos falar um pouco sobre o porque você não deve ter medo da tecnologia.

E ainda explicar que a tecnologia não vai tirar o seu papel ou sua força de trabalho, se você for capaz de entender o contexto de tudo o que está acontecendo.

 

Tecnologia aliada ao seu trabalho

Primeiramente é preciso entender o porquê adotar a tecnologia.

Uma das razões que justificam o uso da tecnologia é que sem ela você não vai ficar produtivo o suficiente para permanecer no mercado.

O “não uso” da tecnologia acaba sendo uma ameaça para sua empresa contábil e por isso você precisa olhar isso com muita atenção.

E ainda há outro lado nesta história.

Nós, como seres humanos, temos uma tendência natural de nos proteger.

O que olhamos e o que o nosso cérebro reconhece como ameaça gera uma autoproteção automática.

Um exemplo clássico acontece quando percebemos que alguém pode fazer nosso trabalho melhor do que a gente.

Automaticamente, qualquer pessoa vai querer se proteger.

imagem que represente profissional com dúvidas, pensativa
Analise todas as possibilidades para usar a tecnologia a favor do seu negócio

Quando falamos de tecnologia, dentro das empresas, as pessoas têm uma dificuldade muito grande de aceitar, e não porque a tecnologia não vai ajudar o trabalho delas mas, porque elas se sentem ameaçadas.

Os profissionais têm medo que a automatização tome o lugar deles nas empresas e fiquem sem ter o que fazer.

Muitos profissionais imaginam que a ferramenta vai tirar o seu posto de trabalho permanentemente e por isso relutam em adotar qualquer tipo de automação.

O que os profissionais devem entender é que é inevitável a adoção de tecnologia, não há como retroceder nisso, mas é preciso adaptar-se.

 

Analisando o cenário atual

As empresas tecnológicas como o Uber, Netflix e etc. entraram de forma maciça no mercado, destruindo os sistemas anteriores. Não houve espaço para resistência, foi necessária a adaptação.

E você, ainda vai ficar brigando com a tecnologia?

Não é muito mais fácil, ao invés de ser duro e não aceitar mudanças, adotar essa tecnologia na fase inicial e já se preparar para ser o novo profissional que o mercado realmente quer?

Então, antes de relutar contra a tecnologia responda você mesmo:

O problema que identifica em relação a isso está diretamente relacionado ao seu negócio? 

Você acha que a tecnologia não funciona para o seu negócio ou é um medo pessoal seu, de aceitar que o mundo está mudando?

imagem que representa o uso de tecnologias e ferramentas
Novas funcionalidades para usuários adeptos à tecnologia

O mundo está mudando e você deve transacionar suas funções para atividades diferenciadas, fazendo isso você não será substituído, as máquinas não atendem e orientam o cliente como nós fazemos e não resolvem os problemas como humanos.

As máquinas fazem um trabalho significativo e importante, ajudam o trabalho de maneira preponderante no que fazemos, mas não nos substituem.

A hora de fazer escolhas

O mercado exige que os profissionais estejam preparados para esta nova forma de ver os negócios contábeis.

Você que está dentro de uma empresa contábil ou é um empreendedor contábil, precisa entender claramente que você é o grande responsável pela sua substituição.

É você que determina se pode ser substituído ou não por uma função robotizada, automatizada ou inteligência artificial, você que escolhe se adequar ou não a essa nova realidade.

imagem que represente união de esforços de forma estretégica
Novas habilidades para gerenciamento contábil

A medida que você entende isso deve ser estratégico na sua função.

Se o que você faz hoje uma automação fará no seu lugar, deve questionar: “o que preciso aprender? Quais as novas habilidades que será preciso desenvolver?”

Esse descasamento de competências, entre as que eram necessárias antes e as que são hoje, é o grande ponto que deve ser analisado.

A transformação na era digital

Antes um profissional era contratado por saber trabalhar com determinada ferramenta como excel e hoje isso não é mais necessário em razão das automações.

Tudo acaba vindo pronto, e eu preciso apenas que o usuário tenha habilidade de trabalhar com ferramentas na nuvens.

Hoje, quando um profissional chega a nossa empresa analisamos se ele(a) está apto a trabalhar com esse tipo de automação.

O mundo mudou e este é apenas um exemplo do que você precisa entender nesse processo de evolução.

Agora, quão estratégico você será diante de todo este processo é que vai determinar o seu sucesso para os próximos anos!

Não veja a tecnologia como uma ameaça.

Você não pode ficar sentado achando que não vai ser substituído, se não fizer a sua parte.

Transacione suas competências para funções que não são substituíveis por robôs, se qualifique e mude sua visão, deste modo vai permanecer com certeza no mercado.

Deixe um comentário

  Inscreva-se  
Notificação de
WhatsApp chat
Telegram