O processo de reaprender no mercado contábil

Como a Reaprendizagem Contínua me Ajudou a Ter Sucesso na Contabilidade

Na vida passamos por muitas fases e acontecimentos. Eu vou contar um pouquinho sobre uma fase da minha vida que eu acabei revivendo recentemente e me fez pensar em algumas coisas.

Durante muitos anos da minha vida eu joguei basquete e eu sempre gostei muito.

Com o passar do tempo jogando eu acabei me lesionando muito, lesões no joelho e um rompimento no ombro e por isso acabei parando de jogar.

E a pouco tempo, depois de muitos anos sem jogar e recuperado de uma cirurgia que fiz na perna para retirada de um tumor, joguei novamente.

Reaprender

Um dos grandes aprendizados que eu tive em relação ao basquete foi sobre a possibilidade de reaprender.

No passado, quando eu comecei a jogar basquete, eu tinha alguns “vícios” que foram adquiridos conforme fui jogando.

Eu gostava tanto do basquete que tinha uma quadra na minha casa, mas não era um jogador muito bom e nem muito técnico.

Mas, como eu sempre fui muito competitivo eu acabei contratando um personal trainer, para me ensinar a jogar basquete.

E assim que ele começou a me treinar, logo nas primeiras aulas ele me colocou para fazer “bandeja”.

Não podemos desistir de reaprender
Sempre existe a possibilidade de reaprender

No basquete, esse fundamento tem por objetivo aproximar ao máximo seu executor da cesta.

É realizado em duas passadas e a bola é largada próxima ao aro, durante a fase aérea da segunda.                                 

E na bandeja você faz um movimento com a mão, sempre protegendo seu corpo do oponente, que vai ficar obviamente defendendo a cesta. 

E com esse profissional me treinando eu percebi que não sabia fazer bandeja com a mão esquerda, eu ia pelo lado esquerdo para atacar e fazia bandeja com a mão direita, mas isso está errado no basquete, pois você sempre precisa ter a proteção do corpo.

E eu falava para o meu professor que eu não ia aprender a fazer bandeja com a mão esquerda, pois eu era destro, e ele sempre me disse que eu iria.

E depois que eu aprendi, o que levou um tempo e treinos exaustivos, o meu mecanismo de bandeja com a mão esquerda ficou melhor do que com a direita.

Processo contínuo

E qual a explicação disso ter acontecido?

Isso aconteceu porque eu não tive que desaprender: eu aprendi “do zero” fazer a jogada com a mão esquerda e não reaprender ou coisa assim.

E na vida as coisas não são diferentes…

Quando precisamos reaprender alguma coisa o processo fica muito mais difícil do que aprender do zero.

Começar do zero é mais fácil do que reaprender
Reaprender é um processo contínuo e mais difícil

Nós nos deparamos hoje com uma nova geração que surgiu no mercado que é uma “geração internet”, que já nasceu tendo muito contato com tudo aquilo que nós temos de tecnologia nos dias de hoje.

Essa geração é bastante diferente da minha e, talvez, diferente da sua que esteja acompanhando este conteúdo.

A minha geração está tendo que desaprender uma série de coisas que fazíamos para reaprender coisas novas.

O processo de desaprender é muito desafiador para nós!

Mas temos que entender que se não tivermos dispostos a desaprender e reaprender continuamente dentro do mercado contábil nós vamos ficar fora do mercado.

O nosso mercado se tornou muito dinâmico e se transformou completamente e hoje nós temos uma nova postura do profissional de sucesso que é o profissional que é capaz de aprender o tempo todo.

Para o processo de transformação é necessário estar disposto e aprender o tempo todo
Precisamos nos transformar e permitir reaprender constantemente

Assim é a vida deste novo profissional: uma reaprendizagem contínua.

Utilize este exemplo que acabei de dar do meu jogo de basquete e continue se permitindo reaprender para que possa ter muito sucesso.

Deixe um comentário

  Inscreva-se  
Notificação de
1
Olá! Em que podemos ajudar?
Clique novamente no botão abaixo e fale conosco!
Powered by