Conte com toda a experiência do Superintendente do Sescon - SP para saber como o mercado de contabilidade tem sido transformado com a tecnologia e conecta toda a visão estratégica do gestor para bons resultados na empresa contábil.

COMO O CONTADOR E AS EMPRESAS CONTÁBEIS PODEM SER MAIS ESTRATÉGICAS

Estive com o convidado Marcelo Zetune que hoje é Sócio Proprietário da Zii Gestão Corporativa e Organizacional, ele foi Superintendente do Sescon – SP e conhece de perto o mercado de contabilidade.

Marcelo ocupou o cargo por 14 anos e está ligado ao mercado contábil, ajudando as empresas contábeis e empresas de tecnologia, especialista organizacional estratégico das empresas como um todo e tem uma empresa de consultoria estratégica.

Eles focam sempre na visão estratégica do negócio, pessoas e ferramentas. 

Neste artigo vamos buscar entender qual é o desafio que contadores e empresas contábeis enfrentam para serem mais estratégicas e qual o momento que estamos vivenciando na visão de quem já esteve do outro lado da mesa de uma entidade. Vamos nessa?

Conhecendo de perto o mercado de contabilidade

Ele vivenciou toda a trajetória de uma transformação.

Ele entrou no Sescon-SP em 2007, na primeira gestão, a porta dele era na parte editorial.

Eles tinham uma revista e queriam fazer o reposicionamento – que foi transformada – depois teve uma experiência como consultor e o Presidente na época o convidou para assumir a superintendência, pois queria trazer uma visão estratégica da entidade, essa última responsabilidade durou cerca de 8 anos.

Marcelo no seu percurso teve contato com muitos cases de empresas contábeis e isso ajudou que muitas empresas se transformassem e fossem reconhecidas.

Ele diria que até o papel da entidade, essa transformação que fizeram durante esses anos todos, que também foi mérito dos Presidentes que estavam liderando e entenderam que era preciso fazer diferença na vida dessas empresas.

Empresas que tinham pouca oportunidade de investimento, uma área que hoje ensinamos e colhemos frutos na Tactus Contabilidade Digital, falta de conteúdo, pessoas e essa conexão com o mercado.

O Sescon-SP ia com essa intenção, de provocar essas empresas através de um produto importante com a intenção de agrupar pessoas, como os eventos.

“Falando do case de sucesso da Tactus Contabilidade Digital, se tivéssemos mais empresas com a mesma cabeça de crescimento há anos, o mercado contábil seria bem diferente.”

Marcelo Zetune

Eles investiram alto em eventos buscando trazer conteúdos e criatividade, para que tivesse um ambiente diferente e muita conexão, sempre levando conhecimento técnico e comportamental, segundo ele, a Sescon-SP fez a grande diferença durante esse tempo todo.

O que é mais importante na transformação dessas empresas?

Primeiro devemos considerar a cabeça do empresário, depois ele consegue a conexão com a sua equipe e faz a cabeça das pessoas.

Se conseguir fazer que ao mesmo tempo o empresário entenda que é mais um tipo de negócio a contabilidade, consegue uma conexão e um desempenho melhor no mercado: tudo é gestão empresarial.

Os contadores e empresários cuidam da gestão das empresas, eles fazem isso muito bem para os clientes e às vezes não tão bem para a própria empresa.

Pois, falta esse envolvimento e conexão com o time.

imagem de palestra Tactus Day para colaboradores da Tactus
Sempre foi muito claro para mim, desde pequeno, que precisava me projetar grande

Particularmente eu via os cases na revista do Sescon-SP e sabia que um dia eu seria um case de sucesso, mas precisava projetar minha empresa para ser grande.

Muitas vezes falta essa visão do empresário contábil de se projetar para evoluir, ficando preso numa zona de conforto.

Mais de 60% das empresas são familiares e não foram preparadas para isso, a contabilidade é um segmento que nasceu muito familiar e precisava de uma transformação nesse conceito de governança.

Outra questão é que sempre foi um mercado que cresceu boca a boca, e hoje queremos mostrar que esse tipo de indicação pode ser valorizada, mas não é o único fator importante quando se trata de credibilidade.

Portanto, não dá pra crescer uma empresa no boca a boca, é indispensável ter uma visão estratégica aliada a uma estratégia de marketing contábil.

E considerando o aspecto de desenvolvimento, faltou isso.

Em razão da origem, o mercado está um pouco cansado, e os pais e filhos estão cansados.

A rotina cansa, e a geração passada trabalhou muito a técnica, obrigações, ou seja, viveram o “pior” da contabilidade.

As gerações passadas não veem porque se qualificar se eles não tem reconhecimento, não enxergam sentido em investir pois não entendem o retorno que isso pode causar para os negócios.

A visão estratégica pode mudar esse cenário do contador

Primeiro é preciso mudar a mentalidade do empresário contador e em segundo é a equipe, isto porque não se faz nada sem equipe e por essa razão a gestão é fundamental.

imagem que represente  união de trabalho em equipe
É o escritório que atende ao cliente e não o empresário, ele precisa desses braços

É essencial olhar a sua equipe para detectar as habilidades dos seus líderes e colocá-los nessa posição e também pedir a ajuda do time para atender a um cliente.

É muito melhor atender em equipe do que sozinho, isso já é visão estratégica, levando a especialização de cada área.

O mercado hoje oferece muita informação, mas nada vale tanta informação se não houver ferramentas e pessoas para traduzir isso e devolver ao cliente como visão estratégica.

imagem que represente análise de dados e gráficos
É preciso pegar números e entregar relatórios, informações e devolver ações

Essa seria a grande mudança de comportamento do escritório em todas as áreas e acredite: isso é possível.

O papel do gestor

Hoje o mercado precisa de um outro gestor, muito diferente do que a empresa contábil “comum” está habituada.

O conceito de excelência dá muito trabalho e talvez esse trabalho faça com que as empresas se percam, porque não veem sentido em fazer algumas coisas.

Enquanto a empresa não entender porque tem tantos “problemas” para resolver, ela não vai para frente.

Os problemas existem e isso é um fato pelo fato de estarem muito mais ligados ao trabalho que o escritório presta, do que pensar em quesitos como a qualificação, erros, atendimento, a falta de ferramentas e o treinamento das pessoas.

Gestão de pessoas na empresa contábil

São as pessoas que fazem o escritório.

O profissional que precisamos hoje para a empresa contábil não foi criado, ele não existe quando sair da universidade, isto porque todos  ou a grande maioria são formados como eram há 10 anos atrás.

A função que o profissional fazia antes era focada na execução de tarefas, e a partir do momento que essas tarefas começam a ser robotizadas, ele se sente ameaçado.

Começamos a viver um descasamento de competências entre o profissional necessário e o profissional que temos disponível hoje no mercado.

Adaptação das pessoas na contabilidade

É importante olhar a mudança de cultura neste caso, pois, podemos não ter esse perfil mas podemos transformar.

As pessoas que estão chegando e são mais novas estão inseridas nesse aspecto tecnológico, só não tem a prática.

imagem que represente pessoa com dificuldades no trabalho
Elas acabam tendo mais facilidade no ambiente de operação

A tecnologia só veio ajudar, garantindo mais tempo, com menor custo, menor risco, menos erros.

Há muitos benefícios ao trabalhar com tecnologia, portanto, a formação em novas habilidades é essencial.

É importante que o empresário mostre que a tecnologia veio para o bem e reduz custos e riscos na operação.

Marcelo vivenciou dentro do Sescon-SP um momento onde havia muita vontade, porém pouca tecnologia.

O sistema contábil durante décadas evoluiu pouco, mas de repente o cenário mudou, passamos a viver um momento onde a tecnologia evoluiu repentinamente.

Empresas de tecnologia surgiram com soluções para o mercado contábil, ferramentas complementares aos sistemas contábeis surgiram para agregar valor e fazer processos que antes os sistemas contábeis tradicionais não faziam.

A tecnologia transformou o mercado contábil

O líder tem o papel de gerar o processo de conexão das pessoas com a tecnologia para que as pessoas realmente abraçam a mudança.

Ao falar em tecnologia, mudanças e implementação de software traga a sua equipe junto, será muito mais fácil fazer qualquer coisa com anuência da equipe.

imagem que represente treinamento para time operacional da Tactus Contabilidade
Nosso time da unidade de SP recebendo treinamento para aprimorar habilidades

Em um processo de mudança, é importante entender que teremos pessoas que vão aceitar melhor a tecnologia e outras não tão bem, isso é comum!

Existem muitos sabotadores nas empresas quando se trata de adotar tecnologias diferentes, sistemas novos e processos de melhorias.

O que fazer com os sabotadores?

É um grande desafio e Marcelo pensa que a melhor estratégia é tentar trazer essa pessoa para perto de você, mas se não conseguir mostrar a ele(a) o benefício que terá para o seu trabalho, não adianta mostrar o benefício que o cliente terá.

Se esse sabotador pode ser um sócio, que é pai ou alguém mais velho que não aceita a tecnologia, como agir?

Isso é uma realidade no mercado contábil, existe uma discussão de conflito de gerações, é preciso chegar num consenso para resolver o problema.

O equilíbrio emocional é importante, não podendo haver uma situação antagônica, busca-se sempre disrupção.

O mais importante é sempre manter o alinhamento de propósito.

A vida é feita de ciclos, Marcelo está sempre encerrando e começando novos ciclos e atualmente está em uma fase muito acelerada e sempre se reinventando.

Ele sempre escutou do pai: “nunca tenha medo de se transformar”.

Muita gente está cansada, com anos está desanimada e sem forças para seguir, o que Marcelo que tem 60 poderia dizer a essas pessoas?

Se você for dormir e acordar sabendo que não tem um sonho, não haverá energia que segure você para prosseguir com os propósitos dos seus sonhos.

O sonho perseguiu Marcelo a vida toda, e o sonho dele é: ser sempre melhor, fazer algo novo e diferente.

 

Seja como o Marcelo Zetune e não pare sua trajetória, busque algo novo sempre, afinal, isso faz toda a diferença para seus resultados.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Inscreva-se
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

CADASTRE-SE E RECEBA

E-book Marketing Contábil 2.0 e o E-book 41 Técnicas de Negociação para Contadores