Você prefere crescer ou não a sua empresa contábil? Entenda a importância dessa escolha e defina qual modelo de negócio contábil mais se adapta com o seu estilo de gestor.

ESTRATÉGIA DE NEGÓCIOS: CRESCER OU NÃO A SUA CONTABILIDADE?

O que acontece com sua empresa contábil quando você decide que não quer crescer?

Se decidir ficar do jeito que está e não quiser fazer a sua empresa evoluir: quais as consequências?

Neste conteúdo vamos falar um pouco sobre visão estratégica de crescimento de uma empresa contábil e porque é imperativo hoje que você continue crescendo. Vamos nessa?

Sem crescimento, não há novas oportunidades

Muita gente têm me abordado no Instagram dizendo o seguinte:

“Na empresa contábil que estou os donos não têm visão de crescimento, e estou buscando outro lugar para trabalhar”

Por que um profissional decide sair de uma empresa contábil em razão da empresa não crescer?

Porque empresas contábeis que não crescem, não oferecem oportunidades novas para os profissionais que estão lá.

Quando você tem profissionais acomodados, que não tem uma visão de crescimento pessoal e profissional eles se encaixam muito bem nesse modelo de negócio que fica estacionado.

imagem que represente profissional desinteressado
Profissionais acomodados não buscam por melhorias

Mas, se você tem profissionais que querem ter melhores resultados, ganhar mais, subir na carreira, aprender coisas diferentes, escalar funções dentro de uma empresa, essas pessoas vão se alinhar com empresas que estão em crescimento.

Visão estratégica na Tactus Contabilidade

É claro que temos diferentes níveis de crescimento, você pode ter uma empresa contábil como a nossa, a Tactus Contabilidade Digital. Onde nós crescemos de forma acelerada, o que não é para todo o tipo de profissional.

Nós estamos sempre contratando pessoas, aumentando nosso espaço físico, aumentando as vagas e trazendo novos clientes para nossa base e isso torna o nosso negócio muito acelerado.

Às vezes o seu modelo de negócio e a sua escolha, não é ter um negócio tão acelerado assim.

Até porque tudo tem seu preço, e pagamos um preço alto para crescer, não é fácil manter esse nível de aceleração.

Existem negócios que continuam numa fase de crescimento, mas em uma fase mais lenta e estão crescendo.

imagem que represente aquisição de novos clientes
Todos os meses trazem clientes novos, fazem mudanças, vão melhorando tecnologias e estão sempre evoluindo

Apesar de não abrirem tantas vagas internamente, abrem de vez em quando novas oportunidades e os próprios profissionais conseguem ver um programa de crescimento interno quando se trata de um plano de carreira mais estruturado.

Agora, quando você não tem isso, tem apenas uma empresa contábil acomodada. Que demanda de um crescimento totalmente orgânico não tem nada estruturado para crescer e consequentemente fica parada no tempo.

Ao passar de cada ano, muitas vezes as empresas acabam andando para trás e perdendo mais clientes do que conquistaram, consequentemente isso acaba sendo visto pela equipe.

Eu já passei por isso!

Em um momento na Tactus Contabilidade Digital andamos atrás, quem conhece minha história sabe que eu já contei isso diversas vezes.

Conto com a intenção de compartilhar com meu público coisas que não deram muito certo ou coisas que estrategicamente optamos em um determinado momento.

imagem que represente gestor com visão de negócio
A visão estratégica de crescer ajuda que você faça a retenção de pessoas

No momento que a minha empresa estava dando passos para trás percebemos que muita gente boa deixou o barco, porque achou que ele iria afundar e isso acontece quando você decide ficar com sua empresa parada.

Atendimento aos clientes ideais ao seu modelo de negócio

O segundo aspecto importante que vale citar é que quando se busca o processo de crescimento, naturalmente consegue substituir clientes que não estão alinhados com a sua forma de trabalhar, ou seja, com o seu modelo de negócio contábil.

A Tactus Contabilidade Digital tem um modelo de negócio bem elaborado e estruturado, sabemos exatamente como as coisas devem ser.

O cliente que se adéqua ao nosso modelo de negócio, nós não nos adequamos ao modelo de negócio do nosso cliente.

Isso já implica na escolha do cliente, num processo de seleção desse cliente. 

Quando um cliente não se alinha com a nossa cultura de trabalho ele será expurgado da nossa base e faz parte do jogo.

Não seja refém da sua base de clientes

Quando a empresa não tem uma taxa de crescimento, consequentemente fica refém dos seus clientes e isso obriga muitas vezes a fazer as coisas como o cliente quer e não da forma como tem que ser. Entendeu a diferença?

Nem sempre o cliente sabe o que é melhor para ele.

Tudo tem um preço, tudo tem uma dor e tudo pode nos consumir até mesmo de forma negativa.

Quando vai atender o cliente ele pode ter coisas que não gosta de fazer, mas ele precisa fazer.

Se não crescer ficará refém do seu cliente e quando isso acontece as coisas ficam mais difíceis.

Continuidade do negócio

O terceiro aspecto que eu quero chamar atenção, está relacionado com a continuidade do negócio.

O mercado contábil está num processo de transição, várias mudanças estão acontecendo ao mesmo tempo essas variáveis estão influenciando diretamente.

Podemos perceber que tem se intensificado o aquecimento no sentido de ter um processo de mudança na questão da precificação.

imagem que represente empresa contábil tradicional
Muita empresa contábil não se ajustou, porque ainda pensava que poderia cobrar um salário-mínimo do seu cliente

Eu tenho mais de 25 anos de empresa contábil e as coisas mudaram muito!

Não dá para fazer o seu cliente aceitar simplesmente todo tipo de condição sobre o ponto de vista de preço, cobranças e tudo mais.

Adapte-se rapidamente às transformações

As coisas mudaram isso faz parte do jogo e se adaptar faz parte do jogo. Nós precisamos entender que hoje precisamos ter uma carteira maior para poder receber a mesma coisa que nós recebíamos  de uma forma semelhante ao que era antes.

Se antes eu cobrava um salário-mínimo de uma empresa, hoje eu preciso talvez ter duas ou três empresas para cobrar o mesmo salário mínimo. Mas afinal, como ajustar isso?

Primeiro trabalhando para trazer mais clientes, eu tive que atrair mais clientes para meu negócio.

Hoje nós temos uma carteira de mais de 2.000 clientes, por exemplo, se fosse pensar no que tínhamos de faturamento a tempos atrás, talvez precisaríamos da metade disso ou até menos da metade, para ter o faturamento atual.

Mas eu tive que crescer a carteira, fazer mais com menos esforço para as coisas fazerem sentido, ter rentabilidade e tudo mais.

Mudanças no mercado contábil

Temos que entender que empresas contábeis investidas que poderiam precificar lá embaixo porque não precisavam ter lucro, criaram um patamar de precificação, isso é um fato que ninguém pode mudar, temos que nos ajustar a isso, faz parte do jogo.

Trazer novos clientes, ou seja, crescer a nossa base faz parte disso para que a gente possa de fato se ajustar.

Para lidar com a questão da precificação não temos muita opção a não ser crescer a nossa base de clientes.

Eu quero levar para você uma reflexão em relação a isso:

Se sentir que a sua empresa não está performando como deveria, se ela continuar o tempo todo igual ao passar dos anos, significa que você está andando para trás e chegou o momento de repensar um pouco as coisas porque alguma coisa está fazendo errado.

Por que eu posso dizer isso?

O que justificaria algumas empresas contábeis estarem crescendo e obtendo resultados e outras não?

Quem está tendo resultado está fazendo alguma coisa certa, quem não está tendo resultados não está fazendo o que é certo.

O que é o certo?

Aplicar o marketing contábil!

Mas o marketing não é uma receita de bolo, onde basta colocar os ingredientes certos que terá resultado.

As coisas não são assim, o marketing não é uma ciência exata, não é um débito e crédito.

Tudo no Marketing tudo é muito variável. Portanto, você precisa aprender os princípios de marketing.

Faça parte do programa de Marketing Contábil e Vendas
Faça parte do programa de Marketing Contábil e Vendas

Isso envolve toda a jornada de um cliente, desde o processo de atração até o processo de retenção.

Terá que aprender como conduzir o processo de trazer novas pessoas, vender o seu serviço usando técnicas para isso. Ou seja, tem muita coisa que você provavelmente precisa aprender se a sua empresa está parada no tempo.

Paralelo a isso deve aprender com outros negócios que escalam a sua entrada de clientes.

Nós temos vários cases na contabilidade que escalam a entrada de clientes, a própria Tactus Contabilidade Digital é um case estamos colaborando com informações para você.

Busque informação, busque orientação e saia dessa inércia!

Procure aprender!

Assuma a responsabilidade que tem em relação ao seu negócio, caso contrário por uma escolha sua vai continuar parado no tempo e sua empresa contábil pode não sobreviver.

5 3 votes
Avaliação do artigo
Inscreva-se
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

CADASTRE-SE E RECEBA

E-book Marketing Contábil 2.0 e o E-book 41 Técnicas de Negociação para Contadores