Devo ou não ter um sócio

Vale a Pena ter Sócio na Empresa Contábil?

Ao iniciar uma empresa contábil o empreendedor enfrenta muitas dúvidas e incertezas.

Elas não acontecem apenas com o empreendedor contábil: em todos os segmentos o começo traz questionamentos.

Uma das dúvidas mais frequentes para quem inicia uma empresa contábil é: devo ou não ter um sócio?

Essa é uma questão sensível. Todos sabemos que ter um sócio envolve muitas variáveis.

É um pouco sobre esse assunto que tratarei neste conteúdo.

Se alguém me fizesse esta pergunta há 10 anos atrás a minha resposta seria: não.

Eu não era a favor de ter um sócio, pois eu acreditava que era muito complicado.

Naquela época eu tinha a visão de que se o empreendedor conseguisse tocar o seu negócio sozinho, melhor seria. Isso porque ele não teria os possíveis desgastes que uma sociedade pode envolver.

Hoje, minha opinião em relação a isso mudou, dado o grau de maturidade que eu desenvolvi ao longo dos anos.

Pois, observando o que está acontecendo no mercado contábil e os desafios que se apresentam para tocar um negócio sozinho, eu digo hoje que a ideia de ter um sócio não é ruim.

Mesmo que uma sociedade seja uma opção um pouco mais complexa, contará com mais alguém com os mesmos objetivos que os seus para chegar aos resultados.

Como escolher um Sócio

Para estabelecer uma sociedade você deve escolher alguém que tenha skills diferentes das suas.

Se você por exemplo é comunicativo, tem uma visão estratégica do negócio (ponto importante para nortear os sócios) e facilidade na tomada de decisões será adequado que procure alguém que tenha o domínio técnico operacional, lide bem com pessoas no dia a dia, seja bom na parte financeira e etc.

As pessoas têm diferentes tipos de perfis e habilidades, de modo geral, e o empreendedor contábil ao pensar em ter um sócio, ou mais de um, deve procurar trazer pessoas tenham habilidades que complementam as suas.

Complete suas habilidades por ter como sócio pessoas diferentes do seu perfil.
Procure pessoas com habilidades que completem as suas.

É importante para o empreendedor ter todos estes pontos bem desenhados.

E para que essa união tenha sucesso é preciso estabelecer regras claras ao formar uma sociedade.

Essas regras vão determinar, por exemplo:

  • Caso as coisas não dêem certo quais termos serão executados no caso da saída da sociedade.
  • As regras vão deixar claro qual a função de cada pessoa dentro da sociedade e como isso será cobrado.
  • As regras de remuneração são muito importantes e devem estar sempre muito claras

E como aprender isso?

Nós temos um Curso De Gestão de Pessoas. Neste curso além de tirar todas as dúvidas o empresário terá o detalhamento do nosso partnership.

Eu, por exemplo, tenho outros negócios além do meu negócio contábil: trabalho com palestras, tenho uma editora que produz meus livros e a empresa de marketing contábil. E nessas empresas tenho outros tipos de parcerias e sociedades.

Eu também tenho vários cursos produzidos em parceria com pessoas, que não aparecem na divulgação destes cursos.

Eu promovo e produzo esses cursos do começo ao fim. A medida que são vendidos às pessoas que tem parceria comigo recebem os royalties pela venda.

São micro sociedades em projetos específicos. E para este tipo de sociedade também temos regras muito claras sobre o funcionamento prático de todo o processo e regras que envolvem o meu trabalho e o trabalho de cada um desses parceiros.

Crie Regras bem definidas para sua sociedade
Providencie um contrato para estabelecer as regras da sociedade

Para que qualquer tipo de sociedade dê certo é preciso que os termos da parceria estejam claros a todos os envolvidos.

Para racionalizar a decisão de ter um sócio você deve se perguntar:

Quais os motivos tenho para ter um sócio e quais para não ter?

Coloque todos os prós e contras em um papel e faça um balanço avaliando a quantidade de prós e contras.

Mas como avaliar e escolher a pessoa certa?

Para definir qual será o melhor sócio deve procurar alguém que já está num nível parecido com o seu, que pode ser um amigo que tenha um escritório do mesmo nível que o seu.

Se escolher, por exemplo, alguém numa situação dessas fará uma junção de carteiras, avaliando antes o valuation de cada empresa contábil, o percentual de clientes e de faturamento que a carteira possui e vai determinar o percentual que cada um tem na sociedade.

Essa é apenas uma das possibilidades.

Assim como em um casamento, existem muitas possibilidades de conhecer alguém em muitos lugares.

Mas para que sua busca por um sócio seja um pouco mais fácil é preciso abrir possibilidades de networking.

Usando como exemplo nossas relações interpessoais, sem tomar uma iniciativa, não vai encontrar, ninguém para casar.

E mesmo com iniciativa encontrará muitas pessoas, vai se relacionar e não vai ter sucesso na relação: um casamento é um passo muito importante, é preciso escolher bem.  E em uma sociedade, isso não é diferente.

A única diferença é que em uma sociedade você pode deixar mais claro as regras de uma eventual saída e pode fazer acordos com os acionistas.

Como dito acima, é importante fazer um acordo!

E ele será baseado em regras que você mesmo criará para as pessoas e é importante não abrir mão disso.

Para confeccionar o contrato conte com um advogado: o processo é bem simples, mas necessário.

Antes de tomar uma decisão avalie as vantagens que um sócio pode trazer, bem como, as desvantagens.

Então, na minha opinião, vale a pena sim ter sócio na empresa contábil, desde que essa decisão seja tomada com calma e análise.

Não se desespere, não contrate qualquer pessoa e pense bem antes para que não corra o risco de não dar certo.

O mercado atual exige um pensamento estratégico do empreendedor em relação ao seu negócio.

E em minha opinião, ter uma sociedade fará uma diferença positiva, desde que escolha a pessoa certa para o seu negócio.

Quando o empreendedor encontra alguém que complete suas skills e tem alinhado os mesmos objetivos pode chegar muito mais longe.

É desse modo que estamos estruturando a Tactus, contamos com pessoas que tem skills diferenciadas e que buscam a mesma meta.

Isso será essencial para que nós próximos anos tenhamos resultados ainda melhores com nossos projetos e sócios.

Deixe um comentário

  Inscreva-se  
Notificação de
1
Olá! Em que podemos ajudar?
Clique novamente no botão abaixo e fale conosco!
Powered by