O limite de cada pessoa

Até onde uma pessoa pode chegar, o que ela é capaz de suportar e o que ela pode superar são determinados pelo limite de cada um. O limite é pessoal, por isso não permite igualdade entre as pessoas, enquanto muitos são capazes de aguentar grande pressão, desafios e privações para outros essa capacidade é muito menor.

Alguns parecem nunca perder a calma, enquanto que outros parecem nunca manter a calma. Mesmo para aqueles que aparentemente têm pleno controle de suas emoções, sempre haverá algo capaz de fazê-los perder o controle.

Quase sempre você desconhece o seu verdadeiro limite, afinal perceberá que em muitas ocasiões da vida você foi além do que imaginava ser seu limite e em outras desistiu muito antes do que pensava que conseguiria chegar.

Fala-se muito sobre ultrapassar limites, mas se chegou onde pensava que não poderia, esse era apenas um limite inexistente e não o verdadeiro. Muitos vivem desafiando seus limites, enquanto outros vivem presos num limite imaginário que os impede de chegar muito mais longe.

A realidade é que limite é algo muito subjetivo, onde não o conhecemos plenamente, e cada dia pode-se concluir que ainda estamos muito longe do que pensávamos ser capazes de alcançar. O segredo está em descobrir um novo limite a cada dia e reconhecer que o nosso limite de ontem não pode determinar o limite do nosso futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.