Com a crise que enfrentamos no país a inadimplência é cada dia um fato que preocupa mais os empreendedores contábeis, como intervir nesse caso?

Como evitar que essa margem de inadimplência cresça e prejudique o andamento do seu escritório de contabilidade?

Qual a melhor estratégia para bloquear ou cobrar o seu cliente contábil que não mantém as mensalidades em dia?

Cultura de atrasar o contador

Vivemos uma realidade muito diferente dos americanos, por exemplo, temos uma cultura instituída onde há mais proximidade com os clientes.

Os contadores americanos na prática são mais frios nos negócios e relações comerciais!

Esse tipo de proximidade deixa mais aberta a possibilidade de inadimplência contábil que é mais comum no caso de empresas constituídas no interior ou que atendem no “bairro”.

Isso aconteceu comigo quando eu tinha um escritório contábil no bairro, quando estava iniciando, clientes que tendem a se sentir mais próximos ao proprietário da empresa sentem-se mais à vontade para priorizar outras contas, e tentar levar o serviço contábil “na conversa” para que não tenha seus serviços bloqueados.

Escritório de Contabilidade
Meu escritório de contabilidade quando comecei

Essa ação que o cliente tem é uma questão de educação, se o empreendedor conseguir educar desde o início o cliente para que ele entenda que não abre mão de receber os honorários em dia, e que de fato vai ter o bloqueio dos serviços se não fizer o pagamento ele vai priorizar o seu pagamento.

Se esse cliente não tiver a intenção de te prejudicar e for um cliente que entende a sua posição, mesmo com um atraso, vai procurar corrigir a situação de forma bem rápida.

Mas se ele for um cliente de má índole e tiver tendência a enrolar os seus credores vai com certeza tentar te levar na conversa.

Como mudamos na Tactus

Uma das primeiras medidas tomadas na Tactus foi restringir o acesso a minha pessoa, eu como representante principal da empresa não converso com meus clientes sobre pendências financeiras ou assuntos ligados a essa natureza.

E mesmo no caso de empreendedores que possuem empresas no interior eles precisam mudar esse acesso, é necessário destinar uma pessoa para tratar desse assunto financeiro.

Quem assumiu esse papel na época foi meu irmão Jefferson Hernandes que trabalha comigo desde os 12 anos (não conta para o governo).

Ele trabalhou fortemente na nossa inadimplência contábil e gestão financeira.

jefferson-hernandes

É importante que você entenda que é necessário se sujeitar as decisões que essa pessoa tomar, que obviamente deve ser exatamente aquilo que vocês determinaram previamente, e caso o cliente venha falar diretamente com você deve ter uma estratégia de argumentação.

Deve expor para ele que o seu serviço é tão importante como qualquer outro e desse mesmo modo se não houver pagamento será suspenso.

O serviço contábil não é diferente de qualquer outro tipo de prestação de serviços.

O Jefferson produziu um curso de gestão financeira para escritório de contabilidade para você aprender como usou as técnicas na Tactus:

Há investimento no prédio para que o cliente possa ser atendido, o salário dos colaboradores deve ser pago em dia, e todas as contas de consumo que envolvem também, com isso trabalhar o argumento da importância do pagamento regular.

O cliente que tem o perfil de “mal pagador” e que quer nitidamente te levar na conversa, é uma pessoa que você não deve fazer questão de manter por perto.

Assista o vídeo:

É melhor abrir mão desse cliente pois ele trará mais prejuízos do que lucros.

Levando em consideração que a nossa realidade é o mercado brasileiro devemos adaptar as melhores intervenções existentes em outros mercados, como o americano, na qual nos deixa muitos aprendizados.

Profissionalismo e conversa franca com nossos clientes fazem total diferença nos seus resultados.

Isso para que não soframos com esse tipo de inadimplência, ser bonzinho demais só vai te trazer prejuízos.

A taxa de inadimplência não pode se manter alta na sua empresa contábil e isso compromete os lucros de forma geral.


Anderson Hernandes

Anderson Hernandes é palestrante especializado em empreendedorismo e marketing contábil com mais de 800 eventos realizados em todo o Brasil, escritor de 10 livros, formado em Contabilidade, Marketing e MBA em Gestão de Negócios. Possui mais de 2000 vídeos gravados em seus cursos online e também para o YouTube