Confira quais são as dicas para não errar na estratégia de conteúdos e atinja os objetivos mais relevantes para informar, gerar autoridade e criar conexão com o seu público.

DICAS PRÁTICAS PARA PRODUZIR CONTEÚDOS

Quer conhecer dicas práticas para ser mais estratégico na produção de seu conteúdo?

Ter estratégia é fundamental!

Se você não pensar estrategicamente vai produzir conteúdo aleatoriamente, isso vai impactar seu negócio, pois vai se perder nos resultados!  Confira a seguir dicas para não errar na estratégia.

Definir público-alvo e como conhecê-lo

A primeira dica é pensar fortemente em quem é o seu público.

É importante conhecer quem é o seu público, pode ser que não tenha somente um público, mas precisa sempre falar para um determinado público direcionando seus conteúdos.

Vamos imaginar que você atua em alguns segmentos diferentes, uma hora vai falar um segmento outra hora para outro segmento. Você não pode falar aleatoriamente sem ter um foco, porque quando não tem um foco para o público em específico, você se desconecta do seu público-alvo.

imagem que represente pessoa desinteressada
Ao se desconectar do seu público, as chances de retomar uma conexão tendem a ser menores

Se começar a falar sobre determinado assunto e de repente mudar para outro assunto, o público que está acompanhando pode não se conectar com aquilo, mas sabe que existem outras verticais de assuntos que você fala que se conecta com ele.

Conteúdos específicos são mais eficientes

Agora quando fala somente de modo genérico acaba se perdendo, e se optar em mudar completamente a sua estratégia de conteúdo, mostra que não tem clareza de quem é o seu público, também se perdendo na estratégia e acaba se prejudicando.

Eu vejo isso acontecer bastante, quando um contador começa a fazer conteúdo para um determinado público, mas quando ele percebe que tem muitos contadores seguindo, ele começa a falar para contadores.

Nesse ponto ele se perde na estratégia, porque ele está falando para o público de empresários e de repente ele começa a falar para o contador e isso representa que falta uma estratégia para os seus negócios.

Não tem problema nenhum que tenha algum tipo de conteúdo voltado para contadores, mas precisa ter um perfil alinhado para isso.

comparativo entre perfil Tactus Contabilidade e Anderson Hernandes
Comparativo entre perfis que destinam conteúdos para públicos diferentes

Temos muito claro quem é o público do Tactus Contabilidade Digital e quem é o público Anderson Hernandes, essas coisas não se misturam.

Descoberta e conversão de clientes

A segunda dica é conduzir os seus conteúdos para levar as suas soluções aos seus produtos contábeis.

Muita gente às vezes fica só no topo de funil, produzindo conteúdo de topo de funil – considerado como momento de descoberta – não conseguindo aprofundar mais os conteúdos para uma solução. Vamos falar com mais detalhes sobre as etapas do funil em breve no artigo. Continue acompanhando!

Isso acontece porque não fazem uma call to action específica, oferecendo uma ajuda mais privativa, que é justamente onde conseguimos converter – conhecido como fundo do funil.

Isso é importante: quando se erra nesse sentido, realmente acaba tendo problemas.

Estratégia para distribuição de conteúdo

Neste caso você produz muito, mas morre na praia pois não consegue converter o cliente.

Nós convertemos muitos clientes através dos nossos conteúdos, mas sempre pensamos estrategicamente quais são os conteúdos que estão alinhados com uma solução.

Muitas vezes estamos falando para o topo do funil, mas temos muitos conteúdos estratégicos que são muito bem pensados. Fazemos uma estratégia mais complexa para isso.

O conteúdo de vídeo acaba virando conteúdo escrito, que depois vira uma campanha de marketing contábil e por aí vai virar um processo de distribuição.

Quando vamos fazer um processo de distribuição, escolhemos as etapas que aquele público está em determinado processo dentro da jornada, para definir claramente como fazer essa distribuição.

Linha editorial de conteúdos

A terceira dica é ter uma linha editorial em relação a seus conteúdos.

É comum ver que muita gente não tem uma congruência editorial.

Quando se perde nessa linha editorial as coisas ficam “um pouco soltas”, parecendo que não tem um processo pensado e que as suas ideias não são organizadas.

O que eu busco fazer dentro do meu Instagram é ter uma linha editorial muito clara para contadores, empresários contábeis e para aqueles que estão iniciando o processo de jornada empreendedora e tudo mais e não fujo desse público e nem saio dessa linha editorial para esse público.

Por exemplo, não é meu foco meu falar para estudantes quando estão numa fase muito inicial no processo de estudos, se a pessoa acabou de entrar na faculdade não vejo razão em ter uma linha editorial que conecta com esse público.

Portanto, busco falar para o estudante que já está numa fase final e que pode se tornar empreendedor para aguçar dicas ideias para que ele possa empreender na contabilidade.

Você precisa ter um alinhamento em relação a isso: estabelecer sua linha editorial é fundamental para que tenha sucesso.

Etapas do funil de vendas

A próxima dica é ter diferentes etapas do seu funil.

imagem que represente três etapas do funil de vendas
Confira quais são as etapas de um funil de vendas

Você deve ter conteúdo que se conecta com quem está no começo no processo de conexão com a sua marca.

Conteúdo para trabalhar a questão do branding e  existem conteúdos que levam ao processo decisão, como eu já falei, a pessoa tem lá uma call to action específica para que possa solicitar uma proposta.

Mas também existem conteúdos que ajudam no processo de conversão e aí olhar para os conteúdos também é essencial.

Muitas vezes o nosso lead se depara com uma dúvida específica, quando está em um processo de conversão ou quando ele já virou cliente.

imagem que represente contador dando orientação para clientes
Acertar esses conteúdos para esse público também é fundamental

Muita gente está focada em produzir conteúdo que geram muita visualização mas geram poucos resultados.

Nós estamos olhando claramente para conteúdos e para micro problemas que resolvemos, mesmo produzindo conteúdo que não tem muita visibilidade, ele atende esses micro problemas e essas são situações que vão conectar muito bem com o nosso público.

Isso vai mudar não somente no processo de conversão, mas também no processo de retenção desse cliente dentro da nossa base.

Os conteúdos devem ser extremamente estratégicos, você não pode fazer conteúdo por fazer, aleatoriamente, gravar e publicar qualquer coisa.

É preciso pensar estrategicamente!

Você está sendo estratégico em relação a produção dos seus conteúdos ou está produzindo aleatoriamente sem pensar?

Pense nisso, fará uma grande diferença para os seus resultados.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Inscreva-se
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

CADASTRE-SE E RECEBA

E-book Marketing Contábil 2.0 e o E-book 41 Técnicas de Negociação para Contadores